Carrinho

Visita guiada ao mundo dos ténis: do desporto à moda!

Uns chamam-lhes sapatilhas, outros conhecem-nos por ténis, mas o certo é que toda a gente acaba por usar estes calçados. É impossível escapar à ascensão global deste modelo descomprometido de sapato. Os ténis migraram da condição de artigos de desporto para a categoria da moda, transcendendo classes, géneros ou nacionalidades.

Por se tratar de calçado específico para desporto, as sapatilhas eram concebidas em função das particularidades de cada modalidade. Era o desporto que determinava as escolhas de design e os materiais a usar na sua produção. Hoje, estes critérios continuam a ser fundamentais nas sapatilhas de desporto. Porém, a maioria dos ténis modernos deixou de ser concebida para atender apenas às necessidades desportivas. As tendências, os estilos de vida, a imagem de marca passaram a ser as linhas-mestras das marcas de ténis. Calçamo-los em vez de sapatos porque são mais confortáveis, mais leves, mais na moda, mais de acordo connosco. Para a maioria dos adultos, adolescentes e crianças, as sapatilhas são o sapato preferido.

Tipos de ténis

A mudança de paradigma sobre estes calçados deu origem ao que podemos chamar de ténis urbanos ou casuais. Calçados informais e relaxantes que foram pensados, não para praticar desporto, mas para o conforto quotidiano, para serem uma alternativa aos sapatos masculinos ou femininos, sempre que a ocasião o permita ou o visual escolhido o exija. Eles têm a versatilidade que outros calçados não têm. Já ninguém estranha ver um homem de fato e ténis Balenciaga, nem uma mulher de ténis e vestido. A partir do momento que as marcas da alta-costura, como Balenciaga, Versace e outras, passaram a incluir ténis nas suas colecções, abriu-se um horizonte de possibilidades.

Ainda assim, muitos dos tipos de ténis à venda no mercado continuam a ser moldados pelas diferentes actividades desportivas. Quem compra umas Nike Air Max sabe provavelmente que está a adquirir um modelo apropriado para jogar basquetebol, usado por muitos jogadores profissionais. No entanto, é o look, a imagem que se tem da marca Nike ou outros aspectos alheios ao desporto propriamente dito que motivam a escolha. São extremamente confortáveis e coerentes com o estilo de roupas que veste e isso basta para as querer comprar. Seja ou não para praticar desporto, convém saber ao que vai. Veja de seguida as vantagens de cada tipo de ténis consoante o desporto para que são pensados.

Skate

ténis de skate

Os ténis de skate são modelos de excelente qualidade, feitos em pele e camurça e sola vulcanizada muito resistente e com excelente aderência para facilitar as manobras. Uma das principais marcas deste segmento é a Vans, cuja origem remonta aos primórdios da própria modalidade nos EUA. Os ténis Vans são para muitos a imagem de marca dos verdadeiros skaters. Hoje, as marcas skaters como a Vans são usados.

Ténis

sapatilhas para ténis

Caracterizam-se especialmente pela sola grossa que absorve o impacto da aterragem após o salto, bem como pela superior resistência ao desgaste a que estão sujeitas pelos repetidos deslizamentos no chão e arranques e paragens bruscos dos atletas. As características das solas variam também em função do piso onde se vai jogar. Enquanto para relva ou terra batida é importante incrementar o atrito, no caso das superfícies duras é o oposto.

Basquetebol

ténis de basquetebol

São elevados e cobrem hermeticamente o calcanhar do atleta. A composição da sola depende do piso para que se destinam. Para exterior, os materiais são mais elásticos para compensar a dureza dos pisos. Para pavilhão, a sola é mais compacta. Nike Air Jordan e Air Max são porta-estandartes destes modelos de sapatilha, logo seguidos dos modelos da Adidas.

As All Star da Converse são um exemplo fiel de sapatilhas originalmente desenhadas para jogar basquetebol e apropriadas pela moda. Surgiram nos anos 60 e têm calçado gerações atrás de gerações nos sete cantos do mundo.

Corrida de Pista

corrida de pista

São sapatos ultraleves concebidos com solas de pitons em plástico especial ou metal que oferecem melhor tracção com a superfície da pista. Dificilmente alguém os usa para caminhar ou combinar as roupas que vestir. São o protótipo de ténis tecnicamente desenvolvidos para melhorar o desempenho dos atletas de alta-competição.

Corrida de Estrada

ténis de corrida

Para correr, qualquer sapatilha tem que ser o mais leve possível para minimizar o peso que o corredor tem de suportar. A sola destas é ligeiramente curvada para cima junto aos dedos dos pés para proporcionar melhor tracção com o terreno. A parte superior é feita principalmente de tecido e outros materiais que beneficiam a ventilação. Um aspecto fundamental antes de comprar sapatilhas para correr é saber se é pronador, supinador ou neutro. Em termos simples, estas são as 3 classificações para a forma como pousa o pé em corrida. Correr com o tipo de sapatilha certo é meio caminho para evitar lesões!

Chuteiras de futebol

chuteiras

O couro é o material mais comum para revestir a parte superior das botas de futebol. Têm ainda atacadores de modo a apertar mais firmemente a chuteira ao pé. A pele genuína é o material preferencial para a parte superior, apesar da igualmente boa qualidade da pele sintética. A razão para isso é a melhor interação com o couro da bola. A pele de canguru é a preferida dos fabricantes, porque é fina, macia e muito leve.

Como escolher ténis sem surpresas?

Ao comprar ténis, muita gente subestima a qualidade, optando por considerar sobretudo o preço. A verdade é que, além da durabilidade dos ténis baratos ser menor que a generalidade dos ténis de marca, podem ainda causar problemas sérios depois de longas caminhadas, uma corrida ou outros exercícios.

A maioria dos ténis à venda nas lojas aparentam ser bonitos e confortáveis, mas não se fique pelas aparências. O melhor mesmo é seguir algumas dicas básicas para evitar tornar-se um orgulhoso dono de uma imitação

  • Compre o seu tamanho, aquele que calça normalmente. Não compre um número abaixo esperando que os ténis venham a alargar com o tempo.
  • Escolha o tipo de calçado indicado para o desporto que vai praticar.
  • Experimente os ténis novos com o mesmo tipo de meias que normalmente usa para praticar desporto.

Todos os detalhes contam

Hoje, as pessoas dão mais valor à conveniência, qualidade e durabilidade dos sapatos. Ao fazer as suas compras, concentre-se nos detalhes, especialmente quando for comprar sapatos ou ténis. Tudo é importante – atacadores, materiais, palmilhas, solas, marcas. Consulte as especificações dos ténis para fazer uma escolha acertada.

Atacadores

Os cordões podem ser elásticos, lisos ou arredondados. Se os redondos são mais fáceis de apertar, os elásticos ajustam-se melhor à forma dos ténis e são muito mais confortáveis para correr.

Palmilhas

As melhores marcas de ténis depositam muita atenção às palmilhas. A palmilha deve impedir o pé de deslizar e estar bem segura no interior do sapato. É também importante que tenham boa ventilação e capacidade de absorção da humidade. As palmilhas devem ser elásticas e macias. Alguns sapatos têm apenas palmilhas básicas e noutros elas podem ser substituídas.

Materiais

Os calçados são produzidos com diferentes materiais, mas hoje em dia são os materiais sintéticos que estão mais em voga. A pele sintética é à prova de água e mais elástica do que a pele genuína, mas esta por sua vez é mais duradoura. Os ténis de pele verdadeira proporcionam maior conforto às pernas, mas são igualmente mais caros.

Alguns modelos de pele sintética são muito parecidos com os de pele genuína, mas dificultam a respiração da pele e provocam mais transpiração. Os fabricantes de calçado de desporto combinam com frequência vários materiais de modo a conseguirem ténis com resistência, elasticidade e conforto.

Como distinguir a pele genuína de couro falso?

Por vezes, pode ser difícil distinguir entre pele sintética e genuína. Deve procurar os detalhes da composição do sapato, que geralmente é apresentada numa etiqueta dentro do sapato. Se não encontrar, então há outras formas de descortinar de que material é feito o calçado:

  • Coloque o polegar durante 10 segundos sobre a sapatilha. Se a sensação for quente e agradável, os ténis são de pele genuína. Se sentir o polegar húmido, é pele falsa.
  • Dobre o sapato. Se as rugas que se formaram desaparecerem rapidamente, é pele verdadeira. Caso contrário, é sintética.
  • Molhe a pele. Se escurecer, é genuína. Se não, é falsa.

Solas

O material de que as solas são feitas chama-se Acetato de Etila (EVA), mas existe também o SpEVA (EVA + borracha). Misturados com aditivos especiais, estes componentes melhoram a elasticidade do calçado e é devido a eles que as solas se desgastam mais lentamente. Na zona mais baixa da sola está o protector e, no calcanhar, o estabilizador. Desta forma, contraria os deslizamentos e permite um andar firme e confiante.

Marcas que defendem a sua saúde

Comprar ténis de marca é um bom investimento e um bom pressuposto para a saúde dos seus pés. Se procura ténis para correr, corra primeiro a um especialista ortopédico para avaliar o seu tipo de corrida. Algumas lojas de desporto também estão equipadas com equipamentos que permitem desvendar em que categoria você se encaixa. Corra sem correr riscos de prejudicar a saúde!